5 estratégias para medir o sucesso do seu app

Share:

O sucesso do seu aplicativo não é medido apenas pelo número de downloads. Não basta apenas um único número para você dizer que seu app está indo bem. Já falamos neste blog sobre métricas de vaidade e por que você deve ficar atento a elas. Tomar decisões baseadas em dados se tornou a prioridade nº 1 dos negócios modernos. Entretanto, poucos sabem como fazer.

Quais estratégias dão maiores retornos? Quais recursos os usuários mais gostam? Qual é outra utilidade para o meu aplicativo que eu não tinha pensado antes? As respostas a essas perguntas podem ser obtidas por meio de medições de dados que informam quem está usando seu aplicativo, como, quando e onde.

A analytics de aplicativos pode te revelar os motivos para o sucesso – ou da suas falhas. Além disso, existe uma infinidade de estratégias e ferramentas que você pode usar para acompanhar as métricas que fazem sentido para seu aplicativo. Vamos conferir algumas logo abaixo.

1 – Tenha uma boa fase de teste beta

O teste beta é quando um grupo de usuários é solicitado a usar o produto normalmente. Os testadores beta podem fornecer informações antes mesmo que seu aplicativo seja iniciado. Essa é uma maneira de obter uma impressão de como seu aplicativo pode ser recebido, além de descobrir falhas inesperadas no software e motivos para avaliações de uma estrela.

O objetivo não é apenas encontrar bugs, mas também verificar se o seu aplicativo atende às necessidades dos usuários. Você também pode criar buzz e fazer com que os usuários fiquem animados com o lançamento do aplicativo.

2 – Use o analytics do Google Play e da App Store do iOS

Se o seu aplicativo estiver no Google Play, você tem a opção de vincular sua conta do Google Analytics ao seu console do desenvolvedor para um relatório chamado Fluxo de referência do Google Play.

Ele fornece informações sobre o número de usuários que visualizaram a página de listagem do seu aplicativo no Google Play, quantos instalaram seu aplicativo e quantos o lançaram. Para aplicativos para iOS, a Apple tem um portal atualizado no iTunes Connect que permite ao desenvolvedor rastrear visitas, downloads e quantas compras permaneceram ativas ao longo do tempo.

Esses dados permitem que você obtenha informações sobre a eficácia do marketing de várias campanhas, de postagens de blogs a artigos de notícias e anúncios. Você também pode ver com que frequência os usuários iniciam o aplicativo, o quanto eles fazem com ele e o que estão fazendo no aplicativo.

3 – Escolha os KPIs apropiados

Todo mundo quer mais downloads. Isso não significa nada sem considerar seu aplicativo no contexto da vida do consumidor. Para dar ao seu app uma qualidade “preciso”, você deve basear seu sucesso em métricas específicas de metas relevantes.

Por exemplo, um aplicativo de notícias pode estar mais preocupado com a retenção: o desenvolvedor deseja que os usuários voltem e revisem o aplicativo ao longo do tempo. Por outro lado, um aplicativo de comércio eletrônico seria melhor com foco nas conversões de compra e no tamanho da compra.

Mantenha um “fluxo” de passos em mente. Você deve esperar que cada usuário conclua uma série de etapas – faça o download, registre-se, consulte, compartilhe conteúdo, poste etc. Ao acompanhar os tipos de usuários que concluem esses fluxos, você aprimora os recursos do aplicativo para manter seu público-alvo e evitar uma perda de interesse.

4 – Use as mídias sociais

O Brasil é o terceiro país com mais usuários no Facebook, são cerca de 127 milhões de usuários ativos mensalmente. Essa população de usuários gerou 23% do total de visitas a sites, com o tráfego nesses sites disparando em até 150%. Ao usar este público do Facebook para interagir com os consumidores, você pode avaliar as respostas às seguintes perguntas: Meu aplicativo está sendo bem recebido? Como posso melhorar?

Publique no Facebook sobre recursos especiais do seu aplicativo, lembrando que seu app deve oferecer uma solução para um problema. Atender aos dados de análise que informam sobre o que seus usuários querem: Por exemplo, seus usuários passam mais tempo na seção de compras no aplicativo do seu aplicativo? Concentre-se em promover isso e quaisquer outros recursos que farão com que os consumidores voltem para mais.

Engajamento nas redes sociais são uma ótima maneira de detectar falhas e conectar usuários, que não hesitam em apontar potenciais melhorias ou falhas. Não exite em perguntar por sugestões.

5 – Utilize provedores de analytics

Com dados em mãos você será capaz de descobrir padrões, entender conexões e achar correlações entre seus consumidores, tudo isso irá ajudá-lo a entender por que seus usuários voltam ao seu app, ou por que eles estão saindo. Tome nota de quais passos os usuários estão fazendo antes de sair do seu aplicativo e quanto tempo eles interagem com certos recursos.

Abaixo algumas soluções de analytics para aplicativos de celular disponíveis no mercado:

  • Flurry Analytics – Use até 10 painéis personalizados para definir eventos, ver caminhos do usuário e criar funis.
  • Mixpanel – Análise as taxas de retenção acompanhando a frequência com que os clientes retornam e se envolvem com seu aplicativo. Usa análise de coorte para agrupar usuários com base em um evento específico.
  • Universal Analytics – Contas para visitas a contas entre dispositivos e que ações foram executadas em qual dispositivo. Mede diretamente “Aquisição” (novos usuários e de onde eles vêm).
  • Countly – Um aplicativo de análise de código aberto em tempo real.
  • Upsight – Oferece guias de prática, uma ferramenta de inteligência de negócios em nuvem também.

Conclusão

A ferramenta certa e a escolha de estratégia se referem a qual métrica você está focando, seu orçamento e o objetivo do seu aplicativo.

Assine nossa newsletter e receba conteúdos como este direto em seu email.

Leia também

Marketing para aplicativos: Métricas de vaidade

É muito fácil se tornar obcecado por crescimento de métricas. Vemos os números...

Custo de aquisição do cliente (CAC)
Custo de aquisição do cliente (CAC)

Você já pensou que precisa minimizar seu custo de aquisição de clientes (CAC)...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Add Comment *

Name *

Email *

Website *